Ofélia II

É galera… mais um caso de erro médico!

Não sei se de propósito ou não, talvez por conspiração, os médicos devem ter esquecido a porra da bolsa de colostomia e, ainda, direcionaram o duto de saída para a abertura errada.

Que merda! Pelo menos, o trato gastro intestinal apresenta mostras de estar regrado e bem recuperado, expelindo belíssimas “pérolas” todo santo dia.

Tranquilizador, não reparar a Michelle com um colar de pérolas. Já quanto aos três “porquinhos”, já bem grandinhos, do jeito que estão se lambuzando, sabe-se lá? Fora “rachadinha”, fora o nepotismo e fora dar motivos aos inúmeros “lobos maus”, sejam imaginários ou não. Também, notório o afastamento das autoridades do primeiro escalão do executivo dos holofotes midiáticos; evitam os temas polêmicos, cabendo todo o trabalho verborrágico ao “01”. Tá dando ruim, só sai caca!

Bem, sou otimista, e tenho a impressão que mesmo a oposição mais ferrenha estava “dando um tempo” pra sentir o quanto poderia feder, por si só, o “penico de pandora”. Infelizmente, apesar de todo o meu otimismo, não vejo um alçar voo e cada vez mais se “autodesgasta” (põe no dicionário) a imagem do Governo e se atola, em cloacas desnecessárias.   

Sei… vou levar esculacho e avacalho à torto e direito dos meus irmãos de farda por conta deste texto, mas euzinho posso expressar quaisquer “opiniões infundadas” (que coisa feia, né); já o todo poderoso Excelentíssimo Senhor Presidente da República do Brasil… NÃO! Imagina, todo mundo seguindo o mau exemplo.

“Capita”, na moral, sou seu soldado na linha de frente mas tá foda defender a posição. Revisite o significado da palavra camaradagem e aproveite o imensurável valor da discordância leal. “Ô fálus de Carvalho”… não dá para desperdiçar a escassa munição com alvos irrelevantes ou fratricídio por conta de “paranoias de perseguição”. Foca na missão: projeto BRASIL!

Desenhando um “quadro de recadinho” palaciano, ao bel-prazer do freguês. Com capricho e “traços” delicados: pode ser bem mais proveitoso, falar menos e fazer mais. O mesmo quadro, menos rebuscado e com “rabiscos” raivosos (sem nada de politicamente correto): CALA A BOCA… BOFÉLIO!

É desagradável escrever e ler tamanha grosseria; no entanto, a intenção de fato foi chocar e fazer, por incrível que pareça, uma crítica construtiva para ver se rola uma empatia. Sinceramente, pau que nasce torto morre torto e quem sai aos seus não degenera. Portanto, é melhor preparar os ouvidos e ir se acostumando com o novo evangelho: “a quem esbofetear a face direita, o Messias e os seus miram-lhe na testa e puxam o gatilho”.

Eis um contraponto por parte do Alexandre Garcia.

“O mau líder é aquele que o povo despreza. O bom líder é aquele que o povo venera. O grande líder é aquele de quem o povo diz: ‘nós mesmos fizemos tudo’.” Lao-tsé – filósofo da China

Tags , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Mario Câmara

Lema: "Se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje, mas continue em frente de qualquer jeito." Martin Luther King Jr.

Os comentários estão desativados.