Eleições 2018 – 2° turno – Explica mas não justifica

Fui “bolsominion” convicto no 1° turno, assumo minha parcela de culpa, mas sempre me perguntei (senso crítico) se naquela figura, destemperada e impulsiva, predominavam valores arraigados na caserna ou sorvidos do covil político. Devo admitir que os vieses pátria, família e cristão me agradam, caso concretos.

Respeito – Simples assim!

Diz aí meu camarada… você é a favor ou contra? Coluna do meio não vale! Sinto uma atmosfera de opressão para que tomemos partido: extrema direita ou extrema esquerda, liberdade de expressão ou tolerância religiosa, soberania nacional ou direitos humanos. Não nos deixemos levar pelo extremismo e pratiquemos o exercício… Leia mais…