Pandemia e Bolsonaro

As duas coisas se misturaram e ambas se mostram entranhadas. O que me impressiona não é a teimosia, cegueira do poder ou as bravatas do “cafetão” político (oportunista, desumano e cafajeste que usa e descarta as pessoas), mas a absurda devoção das suas “prostitutas” cibernéticas e incondicionais. Por favor, não vista a carapuça, muito menos…

Leia Mais
Esses superministros são fantásticos ...

O filho da minha vizinha tem quatro anos e quando chega aqui em casa, pede-me: “ô vizinho, coloca os três porquinhos para mim (eu) ver”. E o figurinha, adora quando tem “picoca”. Dia desses, também me atirei no sofá e segui a pedida do vizinho, só mudei um pouquinho a programação. Assisti ao “quarteto fantástico“,…

Leia Mais
Nem Sancho Pança aguentaria...

Nesta escrita, vou pegar bem de leve e deixar as palavras, simplesmente, fluírem. Sejam bentas ou putrefatas, uma coisa é certa, tal como o tempo, as palavras escorrem por nossas mãos e ninguém mais segura. De infindáveis mãos, passam por nossas vistas as charges das redes sociais. São ““todas”” (todas é forte) maravilhosas no quesito…

Leia Mais

Caramba… me propus a escrever sobre um tema desafiador. Disciplina trata-se de uma palavra cuja compreensão e execução é alcançável por pessoas sensatas e coerentes, imaginem acompanhada do adjetivo intelectual. Não parece ser nada fácil! Como tudo na vida, há gradação também no quesito disciplina. Sem nenhum embasamento acadêmico, por puro empirismo, as classifico em: disciplina…

Leia Mais